sapiência

como te falo:

meu falo é maior e mais potente
que tua varinha de condão
as mulheres que gozam pra mim
jamais rebolariam
em teus másculos quadris

esse o motivo
do ódio que me tens
sou criativa
e tu
pobre figura machista
inveja a retórica e o fogo
de minha língua